05 de julho de 2017

Deputado Assis do Couto votará pela admissibilidade da denúncia contra Temer



Bancada do Partido Democrático Trabalhista deverá se reunir na próxima terça-feira (11) para fechar questão pela admissibilidade da denúncia

O deputado federal Assis do Couto (PDT), mediante informações desencontradas que foram divulgados na mídia nacional nos últimos dias, esclarece que votará pela admissibilidade da denúncia de corrupção passiva contra o presidente Michel Temer. A denúncia foi protocolada pela PGR (Procuradoria-Geral da República) no Supremo Tribunal Federal.

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) deve começar a discutir a denúncia por crime de corrupção passiva contra o presidente da República, Michel Temer, na próxima segunda-feira (10), às 14h30. Cabe ao colegiado instruir o assunto para análise do Plenário da Câmara.

A Constituição Federal traz que, quando um presidente sofre uma denúncia por crime comum, como corrupção por exemplo, o julgamento deve ser realizado pelo Supremo Tribunal Fedeeral. Acontece que o processo só pode ser aberto com autorização do Plenário da Câmara dos Deputados. No plenário da Câmara dos Deputados, são necessários pelo menos 342 votos dos 513 deputados para autorizar a abertura do processo contra Temer.

De acordo com o líder do Partido Democrático Trabalhista (PDT) na Câmara dos Deputados, deputado Weverton Rocha, a bancada do partido, que tem 19 parlamentares, deve se reunir na próxima terça-feira (11) para fechar questão pela admissibilidade da denúncia. 


Fonte: Assessoria de Comunicação - Foto Alexandre Amarante - Assessoria PDT


URL encurtada: https://goo.gl/uTfrLm




ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

Receba novidades exclusivas do Deputado em seu e-mail.

Preencha todos os campos!