11 de dezembro de 2018

PDT do Paraná fará reformulação geral de diretórios municipais



Reestruturar e organizar o PDT no Paraná. Esta é a missão da executiva estadual do partido para o ano de 2019.

Reestruturar e organizar o PDT no Paraná. Esta é a missão da executiva estadual do partido para o ano de 2019. Em reunião realizada nesta segunda-feira (10), os dirigentes estaduais aprovaram uma proposta de reformulação geral dos diretórios municipais, com o objetivo de fortalecer a agremiação para as eleições de 2020 e 2022.

“Faremos uma reformulação geral dos diretórios municipais, iniciando pelos municípios com mais de 50 mil eleitores, o que representa hoje 56% dos eleitores paranaenses. Para isso, dividiremos o estado em 10 coordenações regionais que serão responsáveis por esse trabalho de organização, formação política e estruturação dos diretórios e movimentos de base”, explicou o presidente da Executiva Regional, André Menegotto.

Em que pese à dificuldade enfrentada com a desistência de Osmar Dias em disputar o governo do Estado, às vésperas das convenções, o PDT do Paraná conseguiu um bom resultado geral nas eleições de 2018. A legenda obteve 3.63% dos votos para deputado federal, passando dos 43.432 votos conquistados em 2014 para 208.055 em 2018, e elegeu Gustavo Fruet. Uma vitória importante para um partido que de desde 2006 não elegia um representante para a Câmara Federal. Atualmente o PDT do Paraná conta com o deputado federal Assis do Couto, que aderiu ao partido em 2016.

No parlamento estadual, o PDT elegeu o atual vereador por Curitiba, Goura, e reelegeu o líder Nelson Luersen. Porém, a bancada aumentará com a adesão de Márcio Pacheco, representante da região Oeste, que deverá oficializar a sua filiação ao PDT ainda esta semana.

Em nível nacional, o partido conquistou a terceira colocação com a candidatura de Ciro Gomes à presidência da República e elegeu 28 deputados federais, nove a mais do que nas eleições de 2014, ultrapassando sem dificuldades a cláusula de barreiras.

Direção estadual - No início de dezembro foi constituída uma Executiva Estadual Provisória composta por 11 membros. Além de André Menegotto, compõem a direção estadual o deputado federal Assis do Couto, o deputado federal eleito Gustavo Fruet, o deputado estadual Nelson Luersen, o ex-deputado federal Nelton Friedrich, os vereadores por Curitiba Tito Zeglin e Jorge de Oliveira Brand, o ex-prefeito de Londrina, Barbosa Neto, Luiza Simonelli, Naci Rafagnin Andreola e Valmor Stédile.


Fonte: Assessoria de Imprensa


ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

Receba novidades exclusivas do Deputado em seu e-mail.

Preencha todos os campos!