25 de maio de 2018

Uso das Forças Armadas é decisão de um governo incompetente, entreguista e desesperado, avalia Assis



O parlamentar é autor do PLC 121/2017, que cria a Política de Preços Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas

A decisão anunciada pelo presidente Michel Temer de utilizar as Forças Armadas para desmobilizar os caminhoneiros, que estão em greve desde segunda-feira (21), demonstra a incompetência do governo. A avaliação é do deputado federal Assis do Couto (PDT-PR) que está acompanhando de perto todo o movimento dos transportadores autônomos.  

“É uma demonstração da incompetência de governo, de não rever uma decisão política errada que tomou. Para vocês terem uma ideia, só nos últimos quatro meses o Brasil comprou mais de 7 bilhões de reais de óleo diesel refinado dos EUA. Então o governo vende óleo cru e compra óleo refinado a preço do mercado internacional com variação do câmbio. O governo adotou uma política para o petróleo no Brasil que é insustentável, vai quebrar o País. Aí a população se mobiliza para que o governo reveja esse erro e o Governo não revê seu atrelamento com o mercado internacional, com as grandes petroleiras e decide colocar o Estado brasileiro contra a sua própria população. Ou seja, é um governo incompetente, entreguista e no desespero toma uma medida como esta”, ressaltou Assis.

O parlamentar, que é autor do PLC 121/2017, que cria a Política de Preços Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas, cuja aprovação é uma das principais reivindicações dos caminhoneiros, observou que o movimento não está bloqueando estradas como o governo alega. “As estradas estão livres, param aqueles que querem parar e por decisão querem aderir ao movimento. Os carros de passeios, ônibus, ambulâncias, produtos para hospitais, remédios, tudo está rodando tranquilamente. Se há algum ponto isolado, corrija o ponto isolado”, frisou ao observar que o governo ameaça, inclusive colocar os agentes do estado para movimentar os caminhões.

“Então eu vejo com muita tristeza, com muito espanto e é o convencimento de que é um governo incompetente, entreguista, desesperado e que atende o capital estrangeiro em especial e não atende a população brasileira e a produção nacional”, finalizou.  

Foto: Alexandre  Amarante



Fonte: Assessoria de Imprensa


ASSINE NOSSA
NEWSLETTER

Receba novidades exclusivas do Deputado em seu e-mail.

Preencha todos os campos!